Peça já o seu
familia

Blog de TODOS

Acompanhe os principais temas sobre saúde, qualidade de vida e muito mais

familia
PreparaTodos

7 lições que toda pessoa deve saber antes de se tornar autônomo

Ser um profissional autônomo, sem ter chefe e horários rígidos, parece algo muito atrativo principalmente em tempos de crise, quando as vagas do trabalho formal estão mais escassas. Mesmo para quem já tem um emprego fixo ter uma renda extra com um trabalho autônomo pode ser muito vantajoso e garantir o fim das contas no vermelho.

No entanto, ingressar no mercado freelancer e gerenciar a própria atividade profissional não é tão simples assim. Como tudo na vida, é preciso buscar conhecimento e reunir o máximo de informações possível para se preparar, superar todos os desafios e aumentar as chances de ter sucesso nesse novo caminho.

Por isso, confira as 7 lições que toda pessoa deve saber antes de se tornar autônomo e seja um profissional de sucesso!


1 – Separe as contas de Pessoa Jurídica e Pessoa Física

Mesmo que a organização não seja o seu ponto forte, ter o mínimo de planejamento financeiro é fundamental para quem deseja ser autônomo. E um dos erros mais comuns dos empreendedores é misturar as contas do seu trabalho como autônomo (Pessoa Jurídica) com as contas pessoais (Pessoa Física). Para não cair nesse erro, procure anotar detalhadamente em uma planilha todas as suas despesas e ganhos com o seu trabalho e em outra os gastos pessoais. Se as contas estiverem misturadas, você corre o risco de nem saber quanto realmente está faturando com o seu trabalho autônomo.


2 – Prepare-se para trabalhar muito mais

Quem pensa que não ter chefe nem horário fixo para cumprir significa trabalhar menos, está muito enganado. Apesar de muitas vezes poder ter uma agenda mais flexível, é importante lembrar que você será responsável por todas as etapas do trabalho, como atendimento ao cliente, prestação do serviço, fluxo financeiro, pagamento de contas, entre outras tarefas.


3 – Pesquise para saber do que o mercado precisa

Antes de começar o trabalho, vale a pena investir um bom tempo pesquisando quais as reais necessidades do seu mercado, ou seja, quais os produtos ou serviços que as pessoas estejam precisando e que não há grande oferta de concorrentes.


4 – Invista no marketing pessoal

Mesmo que você seja tímido, divulgar o seu trabalho será fundamental. Hoje em dia, com a internet e as redes sociais ficou muito mais fácil estabelecer relacionamentos com possíveis clientes ou parceiros. Para quem ainda não sabe como fazer o marketing pessoal, sugerimos algumas dicas importantes em nosso Blog.


5 – Estabeleça uma rotina com organização

Como muitas vezes você poderá trabalhar em casa mesmo, será fácil cair na tentação de se deixar levar com as diferentes tarefas diárias. Por isso, tenha uma agenda e marque todos os seus compromissos, estabelecendo uma rotina. Com organização, a produtividade será muito maior.


6 – Reflita sobre o chefe que gostaria de ser

Você pode começar a trabalhar sozinho, mas seu negócio poderá crescer e você terá colaboradores. Por isso, reflita sobre qual chefe gostaria de ser. Além disso, não esqueça que você é chefe de si mesmo, por isso busque o equilíbrio, não seja “bonzinho” demais nem tão exigente a ponto de adoecer.


7 – Trabalhe o seu lado emocional e tenha perseverança

Não ter estabilidade financeira, não sabendo quanto vai ganhar no mês e passar por momentos de baixo faturamento pode levar você a crises de ansiedade e desespero. Por isso, prepare-se para não querer desistir na primeira adversidade e desenvolva a inteligência emocional para empreender. Foque na superação dos desafios, em conquistar os seus clientes e no seu objetivo profissional.

Fontes: Me Poupe e Hypeness.

Tópicos: Empreendedorismo, Autônomos, Freelancer

Nova call to action

Posts recentes

6 mitos e verdades sobre o anticoncepcional: acabe de vez com suas dúvidas

read more

Afinal, como cuidar da saúde sem sair de casa? Descubra!

read more

Seu IMC está normal? Saiba como calcular esse índice

read more