Peça agora o seu cartão também pelo telefone: 0800 729 2071

Imposto de Renda Pessoa Física: saiba como declarar

22 de August, 2022

por

Compartilhe:

Já está em dia com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF)? No início do ano, o assunto em torno do temido “leão” aumenta bastante e aqueles que precisam declarar já começam os preparativos. No entanto, e quem não sabe o que fazer?

Se você se identifica com o segundo caso, então chegou ao lugar certo. Neste post, vamos explicar do que se trata essa responsabilidade e o que fazer para declarar esse imposto. Se liga!

O que é Imposto de Renda para Pessoa Física?

O IRPF é um tributo governamental que é cobrado sobre a renda de uma pessoa, permitindo que a Receita Federal possa acompanhar a evolução do patrimônio da maior parte da população. 

Além disso, as informações obtidas por meio da declaração do IRPF permitem que os órgãos fiscalizadores verifiquem se todos os impostos foram cobrados devidamente, e se estão de acordo com a sua renda. Dessa maneira, caso você tenha pago mais tributos do que deveria no último ano, os valores a mais podem ser restituídos. 

Quem pode declarar?

Todos os indivíduos podem declarar renda. No entanto, nem todo mundo é obrigado a pagar esse imposto. Existem alguns critérios que definem a obrigatoriedade dessa declaração para um grupo de pessoas.

Quem é obrigado a declarar?

No geral, todos aqueles que tiveram rendimentos tributáveis com valores maiores de R$ 28.559,70 devem declarar renda. Isto é, se a soma de tudo o que você recebeu no último ano, incluindo investimentos, ultrapassa o limite estabelecido, você obrigatoriamente entra no grupo de declarantes.

Nesse caso, é preciso informar todas as fontes de renda e os gastos com os serviços contratados ao longo do último ano, viu? Por esse motivo, é tão importante ter uma boa organização financeira e guardar todos os comprovantes e notas fiscais. 

Inclusive, essa prática ajuda a fazer um bom acompanhamento da sua situação financeira e identificar onde reduzir custos.

Como fazer a declaração sem complicações?

Quem não declara renda pode enfrentar uma série de problemas. Por isso, nada melhor do que garantir o envio da sua declaração, certo? A seguir, veja alguns passos essenciais!

Organize os documentos

Separe todos os comprovantes de gastos e ganhos que você teve ao longo do ano. Além disso, organize também os seguintes documentos:

  • RG e CPF;
  • comprovante de residência atual;
  • comprovante de renda e/ou informes de rendimentos;
  • dados bancários;
  • nome, data de nascimento e grau de parentesco dos indivíduos dependentes.

Colete informes de rendimentos

Além dos comprovantes de renda, é preciso ter os informes de rendimentos de outras fontes, como juros em poupança, retorno sobre investimentos, entre outros. Solicitar esse documento ao banco que você usa é fundamental para anexar à declaração de renda.

Fique de olho nos prazos

Outro ponto essencial sobre o IRPF é que a declaração deve ser enviada dentro do prazo estipulado. Geralmente, as datas finais de entrega ocorrem entre os meses de abril e maio. Por isso, organize-se para concluir todos os passos antes do último dia!

Viu só como declarar Imposto de Renda da Pessoa Física não é tão complicado assim? Ter uma boa organização das finanças vai ajudar a seguir todos os procedimentos corretamente, além de ser útil para economizar no dia a dia.

Este post foi útil para você? Então, ajude os seus amigos na declaração do IRPF. Compartilhe o post nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre o assunto!

Tags: