Peça já o seu
familia

Blog de TODOS

Acompanhe os principais temas sobre saúde, qualidade de vida e muito mais

familia
PreparaTodos

Como ensinar matemática para as crianças em casa? Veja 6 dicas!

Algumas pessoas têm naturalmente afinidade com operações matemáticas e raciocínio lógico, enquanto outras sentem mais dificuldade para aprender esses conceitos. No entanto, é possível aproveitar as situações cotidianas para ensinar matemática aos filhos de forma didática e ajudá-los a ter um melhor desempenho na escola.

Estar com as crianças em casa na quarentena fez com que diversas famílias precisassem ajustar o cotidiano para atender às necessidades dos pequenos. Uma das vantagens foi a oportunidade de acompanhar, ainda mais de perto, a rotina educacional dos filhos estudando a distância por conta do isolamento social, e ajudá-los com o que é possível.

Para que você possa atuar ainda mais ativamente no aprendizado dos seus filhos, trouxe 6 ótimas dicas para ensinar matemática para as crianças em casa, de maneira simples e muito eficiente para o processo de aprendizagem. Acompanhe e saiba mais!

1. Fazer contas no supermercado

Quer um lugar melhor para lidar com números do que o supermercado? Nesse espaço, as pessoas estão em constante contato com os preços dos produtos, colocando em prática os conhecimentos de matemática sem nem se darem conta.

As crianças podem começar a fazer isso desde cedo. Ao levá-las ao supermercado com a missão de ajudar a fazer compras que estejam de acordo com o orçamento disponível, elas acabam exercitando a capacidade de somar e subtrair valores de forma intuitiva.

Uma maneira de implementar essa dica na rotina da família é estabelecer um valor máximo de produtos que as crianças podem levar para elas. Seja um doce, seja uma fruta ou qualquer outra coisa permitida pelos pais, o importante é que elas se sintam incentivadas a calcular os valores dos itens que desejam nas compras.

2. Gerenciar a mesada

Ainda falando sobre dinheiro, pois ele é uma das maneiras mais práticas de entender como a matemática funciona, gerenciar a própria mesada é outra atitude que vale a pena estimular.

Além de ajudar a ter mais intimidade com os cálculos numéricos, administrar o que ganham de mesada dá às crianças a oportunidade de desenvolver mais responsabilidade, organização financeira e definição de limites. Todas essas são habilidades fundamentais para se tornar um adulto bem-sucedido.

Portanto, comece incentivando os seus filhos a gerenciar a mesada com valores adequados para a idade deles. Nos primeiros anos, os interesses das crianças não são tão caros, assim como a responsabilidade delas para lidar com dinheiro também não é muito alta. Por isso, vale a pena dar uma quantia mensal menor.

Contudo, conforme o seu filho vai envelhecendo, novos interesses e necessidades vão surgindo. Desse modo, é importante aumentar o valor da mesada, dando dicas para que ele possa administrar melhor o próprio dinheiro.

3. Contar os alimentos

Desde os primeiros anos da escola, os professores começam a ensinar matemática utilizando alimentos. Você se lembra daqueles problemas nos quais o Joãozinho tinha 10 laranjas e queria dividi-las com um amigo? Eles não eram passados à toa.

A contagem dos alimentos também é uma forma simples e didática de entender como a matemática não precisa ser vista como um bicho de sete cabeças e que ela tem muita aplicação no dia a dia. Portanto, incentivar essa atitude em casa vai trazer vários benefícios às crianças.

4. Ler receitas

Fazer uma receita envolve colocar em prática os conceitos de razão e proporção. Isso ajuda as crianças a entenderem melhor como funcionam as frações, operações de divisão e porcentagem. E isso sem falar que cozinhar junto dos filhos proporciona momentos de muita diversão e melhora a convivência com a família.

De início, vale a pena encarregar os pequenos de ler as receitas e ajudar a separar as porções dos ingredientes necessários. Conforme eles pegam a prática, é possível aumentar o nível de complexidade das atividades.

Por exemplo, se você tem uma receita que rende 50 porções, mas gostaria de fazer apenas 25, lance o desafio ao seu filho de descobrir qual será a nova quantidade de ingredientes necessária.

5. Estimular jogos de tabuleiro

Crianças costumam ser mais agitadas e gostam de gastar energia em atividades que prendem a atenção. Dessa maneira, os jogos de tabuleiro surgem como uma solução para passar mais tempo com os filhos e ainda despertar o interesse deles.

Além do mais, a maioria dos jogos de tabuleiro tem como objetivo trabalhar o raciocínio lógico para concluir uma missão. Por exemplo, no xadrez, é preciso traçar estratégias para dar o xeque-mate, enquanto que no Banco Imobiliário a meta é acumular a maior fortuna possível.

Como o raciocínio lógico tem uma forte intimidade com a matemática, diversos jogos contribuem indiretamente para que as crianças entendam mais sobre os conceitos dessa matéria e consigam se sair bem na escola.

6. Cantar músicas

Existem diversas técnicas mnemônicas que auxiliam a memória e ajudam a decorar conteúdos, principalmente aqueles que são cobrados frequentemente na escola. Uma delas é a adaptação de uma música conhecida.

Sabe aquela melodia que não sai da boca das crianças em casa? Já pensou em criar uma versão dela, junto dos seus filhos, para decorar a tabuada, por exemplo? Certamente, ao adotar essa técnica, eles não vão mais se esquecer dessa música, mesmo após muitos anos.

Além disso, essa é outra forma de se divertir com as crianças e criar laços mais fortes. Você pode incrementar esse momento em família com danças, brincadeiras e demais atividades que os seus filhos gostam, unindo educação com descontração.

Ensinar matemática, de fato, não é uma tarefa fácil. No entanto, o estudo não precisa ser algo maçante e desanimador. Fazer com que os seus filhos aprendam isso desde pequenos é de grande ajuda para que eles tenham mais facilidade em todas as disciplinas da escola.

Uma maneira prática de contribuir para o futuro dos seus filhos é utilizar essas dicas simples para ensinar matemática em casa. Assim, as crianças vão apreciar mais o aprendizado, mesmo que seja de assuntos complexos, ao descobrirem que é possível fazer isso de forma descontraída e em família.

Gostou deste post? Então, aproveite a visita e continue acompanhando mais conteúdos úteis para o seu dia a dia. Para isso, é só seguir o Cartão de TODOS no Instagram e no Facebook!

Tópicos: Educação


Posts recentes

Cartão de TODOS promove intercâmbio cultural por meio da culinária

read more

4 sintomas da anemia infantil para ficar de olho

read more

O Cartão de TODOS cobre exames? Entenda

read more